Hoje forjámos um pé de cabra com um ferreiro nomada que passou por cá! :anarchoheart2: :squat: :yeahsmokin:

Aqui fica um artigo a desmontar a empresa que está encarregada de construir o aeroporto do montijo... Assustador.
"Em 2015, ... «trabalho forçado», «servidão» e «dissimulação». Segundo a investigação da Sherpa, os trabalhadores da Vinci laboravam com o passaporte confiscado, entre 66 e 77 horas por semana, dormiam amontoados em quartos confinados e eram ameaçados de despedimento em caso de queixa sobre as condições de trabalho."

aterra.info/vim-vi-e-vinci/

As fronteiras da Europa fortaleza, exportadora de armas para as guerras donde as pessoas fogem são assim:
"um sistema de mensagens de texto automáticas para telemóveis estrangeiros junto da fronteira, com a mensagem: "A Grécia está a maximizar a segurança na fronteira. Não tentem atravessar as fronteiras ilegalmente."

Uma parte dos migrantes tentou forçar a passagem e os confrontos eclodiram, com a polícia a disparar gás lacrimogéneo e os migrantes à pedrada. "

😕

dn.pt/edicao-do-dia/03-mar-202

on the streets after @disroot failing to keep up the pace of ! hopefuly this demo will make some pressure to have our xmpp bookmarks back.! (decentralized internet is risky, but i love it... thank u @disroot ) this demo is more about how much we love you :anarchoheart2:

:awesome: almost. not inspired enough.. can some1 make a nice illustration for this phrase? :) boosts welcome! \o/

Coronavirus brings China's surveillance state out of the shadows

"When the man from Hangzhou returned home from a business trip, the local police got in touch. They had tracked his car by his license plate in nearby Wenzhou," ... " He had been spotted near Hangzhou's West Lake by a camera with facial recognition technology, and the authorities had alerted his company as a warning. "
mobile.reuters.com/article/amp

MinutessS?? This cookie stuff are so annoying this last dayzz... what happened? 😭

Show more
Coletivos.org

Nós somos um coletivo que fornece espaço a outros coletivos na internet, para debater, partilhar, conversar, mail e uma rede social! Queremos um espaço na internet onde sejamos soberanos dos nossos dados e das nossas redes, sendo a confiança criada através de de provas de cooperação. coletivos.org